website page view counter

Folha Regional Online

Quarta-feira, 29 de Maio de 2024

Geral

APARTE

NÃO SE ENGANE COM AS APARÊNCIAS; NEM TODO PRÉ CANDIDATO VAI DISPUTAR A ELEIÇÃO!

Ely Damasceno
Por Ely Damasceno
APARTE
Arquivo/JO/Jornal do Ônibus
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

    O troca-troca de partidos visando as eleições deste ano, especialmente no âmbito municipal, começam a preocupar os pré-candidatos ao legislativo em Ibiporã. A agonia, se demonstra especialmente aos já eleitos que buscam reeleição e a recente troca de legenda, já começam a preocupar alguns na medida em que o quadro eleitoral vai se definindo. 

***

   Não é segredo para ninguém que há um descrédito da população na atuação de alguns vereadores, dado a falta de empenho especialmente na fiscalização da saúde, fato este evidenciado frente as denúncias na condução da pasta. Outro fator é o baixo desempenho dos já chamados vereadores de um mandato só, ou do último mandato. 

Publicidade

Leia Também:

***

Quem trabalhou os últimos três anos e cinco meses, estão seguros. E quem deixou para correr atrás somente agora, vai ter que remar muito, porque o processo eleitoral vai exigir. E ainda há o apelo pela mudança! Será necessário mais do que posar de "vaquinha de presépio" em fotografia ao lado do prefeito.

***

   E tem aquela história do "partido prá chamar de seu", caso do PP de Ibiporã comandado pelo ex-vereador Roberval dos Santos que colocou na presidência o bombeiro aposentado Mauro Bianco, marido da ex-vereadora Maria do Sindicato. Sob a ótica de veteranos na política, entendem que montou o partido apenas para elegê-lo. Não à toa que houve desentendimento no grupo.

***

A pré-candidatura de Roberval para esta campanha ainda não decolou. E o tal do vice, está difícil de encontrar. Nos bairros poucos se lembram de que foi vereador, e em enquetes já realizadas, mesmo sem valor legal, continua na rabeira dos demais.  Logo não será novidade se desistir de concorrer ao Executivo e usar o "seu" partido para lhe colocar na única cadeira de vereador que a sigla tem chance de fazer. 

***

 O ex-prefeito Beto Baccarim ainda analisa a situação, se compõem ou não com o PP. Mas há indícios de que prefere disputar o legislativo onde poderá contribuir muito mais com sua experiência de que um cargo de vice. Vice em Ibiporã, a história retrata que não apita nada. 

***

Embora alguns se aborreçam com a opinião deste colunista, e têm todo o direito de discordar, mas a opinião é pessoal, arrisco a dizer que desta Câmara, se reelegem apenas três ou quatro vereadores especialmente no que diz respeito à legislação eleitoral.

***

A descentralização do poder, concentrando decisões em âmbito municipal, destaca a relevância dessas eleições para a vida cotidiana dos cidadãos. Estamos na rua no dia a dia e, nesse contexto,  percebemos que os eleitores até mesmo os chamados leigos, estão cientes que já deu para alguns. E nesta até o atual prefeito tem sua fatia de rejeição. Especialmente na Zona Sul.

***

Já esta chuva de pré-candidatos a prefeito buscam apenas "um lugar ao sol", esperando o momento para apoiar este ou aquele pré candidato com chances de ser eleito. E não há dúvidas que haverá surpresa, lembrando que alguns pré-candidatos a vereador já admitem que  “erraram no prognóstico", e podem ficar de fora da disputa.  A mudança de partido pode não oferecer o resultado esperado.

***

   Poderíamos listar aqui os nomes de alguns já postos como pré-candidatos ao legislativo,  dentre as que estão aí anunciadas. E é aí que mora a surpresa. Tem gente nova com potencial e voto.  Podemos ter eleito os futuros vereadores, Angela Garcia, Carlolina Sacca, Roberval dos Santos, Beto Baccarim, e Hugo Furrier.  Este, já corre rumores que o "pai" não quer que saia. Mas a decisão é dele!

***

    O nome de Roberval na lista de vereadores, é o quadro que se desenha! O PP pode deixar muitos viúvos ainda iludidos com a pré candidatura do contador. Vale lembrar que lideranças de igrejas como Marcelo Ciaca e José Vilande, estão com o atual prefeito o que tira uma parcela significativa de votos esperados por Roberval.  

***

    A eleição para prefeito deve se polarizar entre José Maria Ferreira, Emerson Petriv (Boca Aberta) e Cezinha da Feira. Isto porque a tentativa de André Vargas em agregar a Federação Brasil Esperança (PT/PCdoB/PV), não prosperou.  Com apoio firme das executivas estadual e federal, Cezinha tem apoio irrestrito a sua pré-candidatura e a garantia de que não irá compor com nenhum outro candidato.

***

    A ascensão do deputado federal Aliel Machado (PV) assim como sua influência no mando da Federação, traz ao cenário municipal a clara divisão entre o PT jovem, de mentalidade anti corrupção, com os petistas xiitas aliados do atual prefeito. Para quem não sabe, xiitas foi o rótulo dado a banda podre do PT onde estão assentados a ala esquerda mais radical.

**

O PT enfrenta altos índices de rejeição, em grande parte dos Ibiporanenses e isto ficou claro nas urnas na eleição de 2022 para presidente. Na cidade, Jair Bolsonaro, do PL, liderou com 60,93% dos votos válidos com 100,00% das urnas apuradas e, Lula, do PT, recebeu 29,72%. 

***

Contudo, há que se considerar os desafios que ameaçam a integridade do processo eleitoral. A disseminação de notícias falsas, a manipulação de informações e práticas antidemocráticas são ameaças que precisam ser combatidas de maneira eficaz. A sociedade civil, os meios de comunicação e as autoridades eleitorais têm a responsabilidade de se unir para combater essas práticas, garantindo que a verdade prevaleça e que a vontade popular seja respeitada.

***

Mesmo que ações em defesa de tais práticas, despertem em viúvas mal amadas, comentários infelizes e julgamento sem propósito nas redes sociais. Conhecer as propostas dos candidatos, entender seus planos de governo e analisar seu histórico político são práticas que fortalecem o eleitorado e contribuem para a formação de governos mais representativos e comprometidos com o bem-estar da sociedade.

***

A eleição municipal de 2024 é uma oportunidade para fortalecer os alicerces da democracia em nosso município.  A atenção à legislação eleitoral é um compromisso que todos devemos assumir para garantir a legitimidade do processo. A sociedade civil, os candidatos e as autoridades eleitorais desempenham papéis fundamentais na construção de um ambiente político transparente e ético.

***

Ao enfrentarmos os desafios com determinação e responsabilidade, poderemos moldar um futuro municipal mais promissor e alinhado aos valores democráticos que defendemos. Bom final de semana a todos!

FONTE/CRÉDITOS: Folha Portal/Ely Damasceno
Comentários:
Ely Damasceno

Publicado por:

Ely Damasceno

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais
laboratório
laboratório
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!