website page view counter

Folha Regional Online

Domingo, 2 de Junho de 2024

Regional

Mulher suspeita de jogar ácido em jovem no Paraná é presa pela PM

Suspeita foi localizada na madrugada desta sexta (24), segundo PM. Aos policiais, ela admitiu que jogou a substância em Isabelly Ferreira Moro por ciúme do ex marido

Ely Damasceno
Por Ely Damasceno
Mulher suspeita de jogar ácido em jovem no Paraná é presa pela PM
Divulgação/Policia Militar
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

     Uma mulher suspeita de jogar ácido na jovem Isabelly Aparecida Ferreira Moro, de 23 anos, foi presa e encaminhada para a delegacia nesta sexta-feira (24). A informação é da Polícia Militar. O ataque ocorreu em Jacarezinho, município da região do Norte Pioneiro do Paraná, na tarde de quarta-feira (22). A vítima está internada em estado grave na UTI do Hospital Universitário (HU) de Londrina, sedada e intubada.

   Conforme o boletim de ocorrência registrado pela PM e obtido pela reportagem, a suspeita foi encontrada por volta das 5h desta sexta-feira no pátio de um hotel. O nome dela não foi divulgado. De acordo com a PM, a mulher foi localizada após ela própria acionar a polícia dizendo que estava sendo perseguida por quatro homens, sem explicar o motivo da perseguição. Como os PMs acharam a situação suspeita, questionaram a mulher se ela tinha envolvimento com o caso de Isabelly, e ela admitiu ter jogado o produto químico na vítima por ciúmes do ex-marido.

   Conforme o boletim de ocorrência, a mulher relatou aos policiais que Isabelly, supostamente, estava tendo um relacionamento com o homem, que está preso, de acordo com a polícia. O delegado Tristão Borborema, que investiga o caso, não quis dar detalhes sobre a suspeita, mas disse que a investigação deve ser concluída ainda nesta sexta-feira. Na quinta-feira, o caso estava sendo tratado como tentativa de homicídio. 

Publicidade

Leia Também:

 Mãe pede orações para vítima

    Na noite de quinta-feira, a Polícia Civil divulgou um vídeo da pessoa suspeita de cometer o ataque. São imagens de uma câmera de segurança. No vídeo, é possível ver que a pessoa usa peruca e roupas escuras. Na ocasião, a suspeita do crime ainda não tinha sido presa.   O ataque Imagens mostram jovem buscando por ajuda após ser atingida com ácido no rosto.  O fato ocorreu na Alameda Padre Magno, na região central de Jacarezinho. De acordo com o delegado Tristão Borborema, a jovem estava indo para a academia por volta das 13h de quarta-feira quando uma pessoa se aproximou, jogou o líquido químico na vítima e fugiu.

   Segundo a polícia, Isabelly teve queimaduras no rosto, no peito e na boca. A Polícia Militar disse que a jovem provavelmente ingeriu a substância, o que pode ter agravado o quadro de saúde dela.  Uma das pessoas que ajudou a vítima foi o cabelereiro Décio Silva. Ele colocou a jovem no carro dele e a levou para o hospital. "Eu peguei a menina, coloquei no carro e levei ela no hospital. Ela não conseguia falar nada. Não conheço ela, mas espero que ela se recupere. Se Deus quiser, ela vai sair dessa", disse. Após o ataque, uma testemunha encontrou uma sacola preta e um copo que estavam molhados. O material foi recolhido para análise. 

FONTE/CRÉDITOS: g1PR/Folha Portal
Comentários:
Ely Damasceno

Publicado por:

Ely Damasceno

Bacharel em Teologia Theological University of Massachussets USA 1984/1990. Jornalismo pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo. Repórter Gaz.Esportiva, Diários Associados, Estadão/SP, Jornais Dayle Post, em Boston-USA e Int.Press Hyogo-Japão

Saiba Mais
laboratório
laboratório

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!