website page view counter

Folha Regional Online

Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Local

Macumba é encontrada na Porta da Câmara Municipal em Ibiporã

Despacho de Umbanda, provocou curiosidade entre os servidores e pessoas pela rua

Ely Damasceno
Por Ely Damasceno
Macumba é encontrada na Porta da Câmara Municipal em Ibiporã
Divulgação/Redes Sociais
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

       Uma situação no mínimo curiosa chamou a atenção dos servidores da Câmara Municipal de Ibiporã ao chegarem ao trabalho. Um despacho de Umbanda, popularmente conhecido por "macumba" decorava a calçada em frente ao prédio do legislativo. Em forma de cruz, vários pratos com farofa de ovo e pedaços de frango assado, disputavam espaço com pipoca, velas e uma garrafa de uisque quase pela metade em frente o jardim cultivado pela presidente da Casa.  Para uns, apenas uma simpatia, para outros acaba sendo confundida com um trabalho de "macumba" e o assunto virou o frisson esta manhã.

     A coisa está feia. Quando até a população resolve fazer algo para ver se a coisa anda, é porque está difícil. Será que a macumba é para trocar a secretária de saúde? A presidente da Câmara? Fazer rede de esgotos no Balneário Tibagí? Contratar pediatra? Arrumar o aparelho de raio X da UPA? O compressor da cadeira de dentista? O "trabalho" é para abrir caminho de quem? E a galinha picada na macumba, era branca ou era preta? Tudo tem um significado. A farofa estava temperada?  E as velas queimadas apenas pela metade? O que significa?

   Falam os entendidos em assuntos aleatórios que a tal da galinha agrada a todos. Principalmente aquelas que pulam cerca. Agrada até mesmo entidades das forças superiores.  A pipoca significa a alegria no circo. Bem característico com alguns eventos.  Mas a macumba em geral é utilizada para coisas boas. Tem vereador que deve ter encomendado para garantir reeleição. E isso não é crime, já acenou o Supremo Tribunal Federal.  Mas esta na Câmara é macumba feita por quem tem dinheiro.  Tem até garrafa de uisque. Macumba de pobre é feita com caldo knorr e Q-suco. Uns falam que o despacho com farofa amarela é para desmanchar casamento, outros dizem que é para trazer aumento de salário. Mais ainda?

Publicidade

Leia Também:

   Mas, enfim o mistério mesmo ficou por conta da bebida, senão vejamos:  Caboclos bebem cerveja, água de côco ou suco de fruta; Preto-velho bebe café, chá e em alguns casos já presenciamos utilizarem vinho ou cerveja preta; Crianças bebem guaraná e suco de frutas, mas também presenciamos algumas que tomam outros tipos de refrigerante; Ciganos bebem vinhos, ponches, sangria e champagne; Baianos bebem água de côco ou batida de coco; Boiadeiros bebem cerveja escura; Marinheiros bebem rum, e alguns bebem cerveja clara; Malandros bebem cachaça, caipirinha e cerveja; Exu bebe a “marafo” (pinga). Pomba-Gira bebe champagne, sidra ou vinho. E aí...quem é que bebe o uisque? Enfim, a coisa deixa de ser brincadeira para ser levado a sério. Quem é que vai limpar o despacho da calçada pode levar o uisque para casa? Não é coisa para deixar a cidade de boca-aberta? O que foi que disse? Meu pai do céu...olha a macumba aí, fazendo efeito!

FONTE/CRÉDITOS: Folha Portal/Ely Damasceno
Comentários:
laboratório
laboratório

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!