Folha Regional On line

Notícias MEIO AMBIENTE

Prefeitura reabre Parque Arthur Thomas à visitação a partir de sexta-feira (28)

População poderá visitar o espaço de terça-feira a domingo, das 8h às 17h; é preciso manter cuidados como o uso de máscaras e distanciamento

Prefeitura reabre Parque Arthur Thomas à visitação a partir de sexta-feira (28)
Wilson Vieira/Pinterest
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando
Uma das áreas verdes mais importantes de Londrina, o Parque Municipal Arthur Thomas (R. da Natureza, no 155), será reaberto para a população na próxima sexta-feira (28). Mantido pela Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal do Ambiente (Sema), o espaço poderá ser visitado de terça-feira a domingo, das 8h às 17h. De acordo com a Secretaria, a princípio não haverá limitação do número de usuários que poderão ocupar simultaneamente o local, cuja área é de 85,47 hectares. Porém, os visitantes devem usar máscaras de proteção, levar seu próprio álcool gel e manter o distanciamento social.
Foto: Vivian Honorato – N.Com

Fechado desde março de 2020 devido à pandemia de Covid-19 e, posteriormente, para a execução de intervenções necessárias à sua reabertura, o Parque Arthur Thomas tem recebido diversos trabalhos de manutenção nos últimos dias. Entre eles, estão melhorias nas pontes, calçamento da área interna e pontos de ônibus que dão acesso ao Parque; limpeza e pintura do Espaço Ipê, onde os visitantes realizam piqueniques e são promovidas oficinas e atividades; desobstrução das trilhas; e reparos nos dissipadores de água pluvial. Além disso, as equipes da Sema têm feito o corte da grama e, na terça-feira (25), iniciarão a colocação de flores nos vasos localizados na ponte sobre o lago.

Durante o período de fechamento, a Secretaria solicitou o apoio da Defesa Civil Municipal, que vistoriou o Parque e elaborou um laudo indicando pontos que necessitam de melhorias para que possam garantir a segurança dos visitantes. Por isso, permanecem interditados locais como o mirante da entrada e o trecho final da trilha que leva à antiga Usina Hidrelétrica do Cambezinho. Com base na verificação realizada pela Defesa Civil, a Sema também efetuou a remoção de um parquinho infantil que apresentava riscos.

Secretário municipal do Ambiente, Ronaldo Siena. Foto: Vivian Honorato – N.Com

O secretário municipal do Ambiente, Ronaldo Siena, frisou que, em conjunto com a Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo do Estado do Paraná (Sedest), a Prefeitura está trabalhando em um projeto inicial de revitalização do Parque Arthur Thomas. Contando com um investimento de R$ 2,3 milhões, a iniciativa abrangerá a troca da maior parte do cercamento ao redor da unidade por uma estrutura nova, formada por palitos de concreto, assim como obras de acessibilidade nas calçadas externas.

Atualmente, o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul) está realizando ajustes no projeto, solicitados pela Sedest, sendo que a Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação (SMOP) irá elaborar o orçamento. A previsão é de que, com a conclusão dessas etapas, a execução do processo de revitalização seja iniciada neste ano.

“Essa ainda não será uma revitalização total, mas buscaremos novos recursos para fazer as intervenções necessárias no interior do Parque. No momento, o que esperamos é que a população volte a ocupar esse espaço público tão importante, que proporciona o contato com a natureza. Por isso, estamos fazendo a reabertura e pretendemos realizar cada vez mais melhorias para os munícipes”, afirmou Siena.

Gerente de Parques e Biodiversidade da Sema, Jonas Pugina. Foto: Vivian Honorato – N.Com

Regras – O biólogo e gerente de Parques e Biodiversidade da Sema, Jonas Pugina, incentivou a população a prestigiar a unidade, lembrando que existem regras a seguir durante as visitas. “Os visitantes devem contemplar e observar a fauna e a flora, mas não devem interagir com elas. Não se pode alimentar, tocar ou capturar qualquer animal, nem extrair da vegetação qualquer fruto, raiz, folha ou flor, assim como se aventurar em locais que estão fechados ou não são trilhas oficiais”, frisou.

Ainda segundo Pugina, por razões de segurança não é permitido entrar no Parque com bicicletas ou levar animais de estimação, pois eles podem atacar ou ser atacados pela fauna silvestre, assim como transmitir ou ser infectados por zoonoses.

Características – Localizado no Jardim Piza, região sul de Londrina, o Parque Arthur Thomas é o último remanescente florestal de grande porte localizado na área urbana, a 3 km da região central.

Lagarto teiú, um dos animais que habita o Parque Arthur Thomas. Foto: Vivian Honorato – N.Com

Reconhecido como Unidade de Conservação desde 1994, é habitado por animais como quatis, macacos-pregos, tatus, cotias, cágados, lagartos e diversas espécies de aves, incluindo garças, jacus e sabiás-laranjeira. Sua flora também é rica, apresentando árvores como peroba-rosa, cedro, cajarana e pau-d’alho, entre outras. Além do lago situado no centro do Parque, uma de suas principais atrações é a Cachoeira do Beija-Flor, que tem 25 m de altura e possui um mirante, estando liberada para visitação.

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas com o gerente de Parques e Biodiversidade, Jonas Pugina, pelo telefone (43) 3372-4751.

FONTE/CRÉDITOS: N.Com/PML/Ulisses Sawczuk 
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )