Folha Regional On line

Notícias SAÚDE

UBS do San Rafael, se prepara para o "Dia D" da Multivacinação no início da semana

Equipe local, prepara surpresa para crianças e adultos que comparecerem a unidade

UBS do San Rafael, se prepara para o
Redes Sociais/Facebook
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

     Servidores da UBS-Unidade Básica de Saúde Saúde, Dr. Mauro Del Filgueiras, no Jardim San Rafael, deram início esta semana aos preparativos   para o chamado “Dia D” da Campanha de Multivacinação que acontecerá no próximo dia 16/10/2021 das 08h00 às 17h00.     A multivacinação tem como objetivo oportunizar o acesso às vacinas que fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação da Criança e do Adolescente, atualizando a situação vacinal, aumentando as coberturas vacinais e sua homogeneidade, diminuindo a incidência e contribuindo com o controle, eliminação e/ou erradicação de doenças imuno-preveníveis nas crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade (até 14 anos, 11 meses e 29 dias).

      Equipe da UBS do San Rafael em ação para decorar com alegria o ambiente, e os consultórios daquela unidade

Neste dia, pais e responsáveis por crianças de 0 a 5 anos poderão ter a oportunidade de atualizar a carteirinha de vacinação das crianças.
Durante a semana, servidoras da UBS no San Rafael em particular, trabalharam na preparação do ambiente com decoração voltada a atenção infantil, com muitas cores, bexigas e personagens de quadrinhos, o que de certa forma contribui psicologicamente na descontração dos pequenos, preparando-os para aceitarem de forma mais tranquila a aplicação das vacinas. Outro particular não menos importante, são as lembrancinhas e as guloseimas que compõem o contexto do delicado trabalho daquela equipe. Vale lembrar que a campanha de vacinação ocorrerá em todas as UBSs de Ibiporã, dentro do horário de funcionamento de cada uma.
Os pais ou responsáveis devem buscar à UBS mais próxima do seu endereço, apresentar documentos pessoais da criança, acompanhados da caderneta de vacinação quando será fornecido também o atestado de vacinação, documento obrigatório para matricula escolar.

     Com carinho e capricho, a iniciativa e o trabalho partem das próprias servidoras em equipe. Estão todas de parabéns!

Outubro Rosa
      Nesta oportunidade, a enfermeira Renata Semprebom, que possue um currículo invejável e larga experiência na área de  Urgência e Emergência, e pós graduação em Enfermagem/Psiquiatria e Saúde Mental, soma-se as demais profissionais no San Rafael após deixar a unidade La Fontaine. Formada também em Gestão Saúde Pública com Ênfase em Saúde da Família, a profissional deixa o convite para que todas as mulheres  neste mês de Outubro, compareçam a unidade para  avaliação de prevenção ao câncer de mama. Como se sabe, o mês de outubro  já conhecido mundialmente como um mês marcado por ações afirmativas relacionadas à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama.

   O movimento, conhecido como Outubro Rosa, é celebrado anualmente desde os anos 90. O objetivo da campanha é compartilhar informações sobre o câncer de mama e, mais recentemente, câncer do colo do útero, promovendo a conscientização sobre as doenças, proporcionando maior acesso aos serviços de diagnóstico e contribuindo para a redução da mortalidade. “Nós estaremos aqui realizando exames de rotina e testes rápidos além de coleta preventiva, palestras alusivas ao outubro rosa, e ainda a distribuição de alguns mimos, como lembrancinha. Será um gesto simbólico de nossa equipe, um gesto de carinho com as mães e as crianças que aqui comparecerem”, relatou a enfermeira. “Estamos todos envolvidos nesta campanha que busca atingir o objetivo de cuidar dos cidadãos não só com as vacinas, mas também com outros eventos de prevenção, como o combate ao câncer de mama através do exame e também de orientação às mulheres”, ressaltou.
Toda a equipe conta com a presença das mulheres do San Rafael e bairros adjacentes para agendamento do exame preventivo.

O Câncer de Mama e algumas orientações básicas
     Este é sem dúvida o tipo de câncer mais frequente na mulher brasileira. Nesta doença, ocorre um desenvolvimento anormal das células da mama, que multiplicam-se repetidamente até formarem um tumor maligno.
Como a mulher pode perceber a doença?
     O sintoma do câncer de mama mais fácil de ser percebido pela mulher é um caroço no seio, acompanhado ou não de dor. A pele da mama pode ficar parecida com uma casca de laranja; também podem aparecer pequenos caroços embaixo do braço. Deve-se lembrar que nem todo caroço é um câncer de mama, por isso é importante consultar um profissional de saúde.
Como descobrir a doença mais cedo?
     Toda mulher com 40 anos ou mais de idade deve procurar um ambulatório, centro ou posto de saúde para realizar o exame clínico das mamas anualmente, além disso, toda mulher, entre 50 e 69 anos deve fazer pelo menos uma mamografia a cada dois anos. O serviço de saúde deve ser procurado mesmo que não tenha sintomas!
O que é o exame clínico das mamas?
     É o exame das mamas realizado por médico ou enfermeiro treinado para essa atividade. Neste exame poderão ser identificadas alterações nas mesmas. Se for necessário, será indicado um exame mais específico, como a mamografia.
O que é mamografia?
    È um exame muito simples que consiste em um raio-X da mama e permite descobrir o câncer quando o tumor ainda é bem pequeno.
O que pode aumentar o risco de ter câncer de mama?
     Se uma pessoa da família – principalmente a mãe, irmã ou filha – teve essa doença antes dos 50 anos de idade, a mulher tem mais chances de ter um câncer de mama. Quem já teve câncer em uma das mamas ou câncer de ovário, em qualquer idade, também deve ficar atenta. As mulheres com maior risco de ter o câncer de mama devem tomar cuidados especiais, fazendo, a partir dos 35 anos de idade, o exame clínico das mamas e a mamografia, uma vez por ano.
    O auto-exame previne a doença, o exame das mamas realizado pela própria mulher, apalpando os seios, ajuda no conhecimento do próprio corpo, entretanto, esse exame não substitui o exame clínico das mamas realizado por um profissional de saúde treinado. Caso a mulher observe alguma alteração deve procurar imediatamente o serviço de saúde mais próximo de sua residência. Mesmo que não encontre nenhuma alteração no auto-exame, as mamas devem ser examinadas uma vez por ano por um profissional de saúde!
O que mais a mulher pode fazer para se cuidar?
     Ter uma alimentação saudável e equilibrada (com frutas, legumes e verduras), praticar atividades físicas (qualquer atividade que movimente seu corpo) e não fumar. Essas são algumas dicas que podem ajudar na prevenção de várias doenças, inclusive do câncer.  

FONTE/CRÉDITOS: Redes Sociais/Facebook/Domínio Público
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!