Folha Regional On line

Notícias POLÍTICA

Vereadores apontam que assunto precisa ser investigado

Pelo menos a construção de três quadras estão “paradas” desde que o atual prefeito assumiu

Vereadores apontam que assunto precisa ser investigado
AEN/Divulgação/SERLA
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Canchas esportivas estão com "projetos" parados há mais de um ano. De quem é a responsabilidade?    

A recente nota publicada nas redes sociais pelo Vereador Augusto Semprebom, referindo-se à questão sobre projetos de prática esportiva para o município, levou nossa reportagem a não só apoiar o vereador nesta questão, como parabenizá-lo quando afirma que “precisa ser investigado”.
    Vindo de um vereador que faz parte do staff de apoio do prefeito, a alegação é muito bem vinda até porque, o atual prefeito deve muita explicação à população neste sentido. 
     Deveras que a primeira coisa que os vereadores que estiveram em Curitiba, Augusto e Dieguinho da Furgões, seria cobrar do Governo do Estado, uma séria investigação nas empresas que venceram a licitação para a execução dos projetos e a causa de suas falência. Faliram porque?          Acaso esperavam por aditivos que não vieram?
      Até porque na política nesses 26 anos aqui em Ibiporã, já vimos prática de empresa vencer licitação com preço inexequível, e pouco tempo depois receber  aditivo sem mesmo sair do papel. Obra que nunca foi construída. O povo tem memória curta mas arquivos de jornais, e documento público são história.
     A iniciativa dos vereadores em ir até Curitiba conversar com o diretor da Paraná Esporte para colher informações sobre os projetos do “meu campinho” e outros projetos poderiam começar pelo gabinete do prefeito. Por exemplo perguntar a ele, porque as obras das canchas esportivas do final da Ibrahim, na zona sul, Santa Paula e do Jamil Sacca, não sairam do papel?  Se existe um “cronograma para instalação” em fevereiro, e a parte da prefeitura está pronta, os vereadores deveriam perguntar ao prefeito José Maria, porque até hoje não permitiu a instalação da quadra do Conjunto Jamil Sacca, na base deixada pronta pelo ex-prefeito João Coloniezi, (sem licitação superfaturada) e executada por servidores da prefeitura. Toda a estrutura da quadra e equipamentos para sua funcionalidade está guardada no interior de um contêiner no Barracão do IBC por mais de um ano e estão todos na moita. Ninguém fala nada.


Cancha esportiva do Jardim Santa Paula já deveria estar concluída há pelo menos um ano    

Seria de bom grado, que fosse esclarecido, ou pelo Governo do Estado ou pelo atual prefeito, o que é que estava errado no recebimento desse material na gestão passada? Se tinham conhecimento disso, porque passado mais de um ano, não procuraram a Promotoria para denunciar? Levar mais de um ano para “apurar o fato” não é assinar um atestado de incompetência? 
    Poderiam investigar também quem é que interferiu, junto ao governo para que a outra quadra no final da Av. Ibrahim Prudente da Silva, também não fosse instalada. O ex-prefeito João, não fosse a interferência política nas proximidades da eleição, teria entregado pelo menos mais duas canchas no modelo da construída no Terra Bonita. Portanto, é salutar ver que os vereadores estão preocupados em esclarecer as coisas, mas as verdades precisam ser ditas e as responsabilidades imputadas a quem de fato é responsável. Doa a quem doer.
    Esperamos que realmente estes dois vereadores, apurem estes fatos e nos expliquem porque até hoje a população da Zona Sul, e do Santa Paula, ainda não receberam estas quadras que já estariam hoje, fazendo aniversário de um ano e três meses. Que apurem também junto ao governo, já que estiveram lá, qual foi o erro da empresa que entregou o contêiner em Ibiporã. E se houve erro qual foi, e porque até hoje ninguém reclamou de volta o mesmo que continua guardado, sem o conhecimento da população? Porque até agora o Governo, maior interessado não tomou providências denunciando esta irregularidade que os senhores sugeriram ter ocorrido?
    A transparência vereadores, com todo o respeito que os senhores merecem, deveria começar na cobrança local pelos senhores, até para que não paire dúvida de não tivessem conhecimento destes fatos. Porque vocês não começam investigando isso com o vosso prefeito? O que é que impede? Não receberam "carta branca da população" para representá-los? Ou só representam o prefeito nos seus intentos na Câmara?
    Voltamos a repetir, em um ano não conseguiram apurar uma “suposta” irregularidade, deixa a margem para dois questionamentos. Ou estão passando a mão na cara do povo, ou estão procurando “pêlo em ovo” para justificar  incompetência. Acreditamos que até mesmo o ex-prefeito, poderia procurar a Justiça para colocar esta história a limpo! Então devemos considerar que por motivos desconhecidos (pelo governo e pelo prefeito) não foi concluído. Tudo bem, e daí, quando será? A “investigação” vai continuar?

    Será que esta viagem não foi apenas uma “manobra” de faz de conta, para efetivamente o prefeito nos próximos dias montar a quadra que está guardada para que alguém tire vantagem política? Oxalá, seja isso! O povo pode ser ignorante, mas não chegam a puxar carroça. Embora a julgar pelos votos, alguns levem jeito. Uma coisa é certa, senhores vereadores. Esta história está muito mal contada!

FONTE/CRÉDITOS: Folha Portal/Ely Damasceno/
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )