Folha Regional On line

Notícias LOCAL

Vereador volta a pedir limpeza urgente às margens do Horto Florestal

Trecho da Estrada do Sabão tem sido local de descarte irregular de lixo e queimadas

Vereador volta a pedir limpeza urgente às margens do Horto Florestal
Folha Portal/Ely Damasceno
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

  O descarte irregular de lixo em vários trechos da Estrada do Sabão no trecho que compreende a entrada do Parque Florestal de Ibiporã (também conhecido por horto)  até o entroncamento com o Contorno Norte, tem sido alvo de muitas denúncias que chegam ao gabinete do vereador Ilseu Zapelinni.   O trecho é utilizado com frequência por grupos de ciclistas que aos finais de semana percorrem o trecho no percurso de rotina. A cada semana percebem que aumenta significativamente o acúmulo de lixo e entulhos de construção descartados de maneira incorreta.

    Em alguns locais é percebido que houve queima de lixo e em outros pontos já foram encontrados até mesmo focos de incêndio, combatidos pelos próprios ciclistas para evitarem maiores problemas. Esta não é a primeira vez, que a administração municipal é solicitada para promover uma limpeza à margem da referida estrada e, desta feita, o vereador Ilseu Zapelinni está cobrando em caráter de urgência. Por este motivo pede que se tome a devida providência, o mais rápido possível. "Sabemos que essa medida é extremamente positiva uma vez que é direcionada à manutenção da saúde pública de nossa cidade", aponta o vereador em seu requerimento.

     Vale lembrar que este trecho abriga diferentes espécies de árvores nativas , tais como peroba, pau-brasil, pau- d´alho e figueira, árvore símbolo de Ibiporã que com as queimadas irresponsáveis, podem acabar destruídas num eventual incêndio. A estrada é um prolongamento da rua Marcia Figueiredo Alves Pereira, e chamada de "Estrada do Sabão" porque possui descidas íngremes em curvas e por não ser asfaltada, durante um longo tempo antes de receber cascalho, trafegar por ela no barro era um desafio. Principalmente para quem trafegava de bicicleta, não tão comum como nos dias de hoje, mas era caminho de muitos trabalhadores em direção ao frigorífico.

     Sobravam tombos e histórias. Já em agosto do ano passado, o vereador Augusto Semprebom já chamava a atenção da administração para os problemas desta via, inclusive solicitando que a prefeitura fizesse asfalto neste trecho. Há quem seja contra o asfalto, porque tiraria o charme do trecho no horto, que proporciona um visual agradável do cenário que ilustra muitos álbuns de casamento. Ainda hoje, muitos casais gravam cenas e fazem sessão de fotos em alguns trechos. Este trecho da estrada possui também muitas propriedades loteadas em chácaras e abriga ainda o Clube de Aeromodelismo do Município, o que não deixa de ser um ponto turístico de nossa cidade.

 

 

FONTE/CRÉDITOS: Câmara Municipal/Assessoria Parlamentar
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )