Folha Regional On line

Notícias LOCAL

Vereador Victor Carreri cobra conclusão da duplicação da avenida Ibrahim Prudente

Segundo o parlamentar, só está faltando “empenho”; o legislativo já aprovou os recursos necessários

Vereador Victor Carreri cobra conclusão da duplicação da avenida Ibrahim Prudente
Googlestreetview.net
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

   A Câmara Municipal de Ibiporã aprovou a indicação do Vereador Victor Carreri que através do mesmo, solicita informações e ao mesmo tempo cobra a conclusão da obra de duplicação da avenida Ibrahim Prudente da Silva, paralisada desde meados de 2020, que compreende o trecho entre o entroncamento com a BR-369, até a rotatória na Figueira.


    A obra está paralisada desde que os vereadores “aliados do prefeito” que ora aprovaram um empréstimo milionário (fracionado) de R$ 32 milhões para esta gestão, recusaram-se a aprovar no segundo semestre de 2020, o empréstimo de R$ 6 milhões, para conclusão desta obra e o término do Lago Beltrão Parque. Ficou notório na época que a preocupação não era “endividar o município”, mas impedir que o ex-prefeito concluísse a obra e isto pudesse contribuir em favor de sua reeleição. É o mesmo que ocorreu com a não inauguração da Escola Ulysses Guimarães, concluída e entregue no segundo semestre da administração João Coloniezi, (quando o atual prefeito comandava a Fundepar) e está sem entregar a população até hoje. Em razão disso, a escola ficou a mercê da marginalidade, e foi saqueada em prejuízo ao bolso dos contribuintes.


    Para estes vereadores, empréstimo antes da eleição era endividar o município. Bastou mudar o prefeito e a posturas dos mesmos também. 
   Já tivemos na “Casa”, vereador que viam a importância da duplicação da avenida, como o ex-vereador Hugo Furrier. Também tínhamos vereador vidente, como Daniel Sarábia que afirmou “não acreditar que a duplicação da avenida seja iniciada e concluída na atual administração” (referindo-se a gestão anterior de Zé Maria) – como ocorreu.  Também apontou que o atual prefeito faria empréstimo e deixaria para futuros prefeitos pagarem.

   Em cima do muro, o ex-vereador Roberval dos Santos procurou ser diplomático. “Considero difícil que a atual administração consiga o montante de R$ 6,5 milhões de empréstimos porque a Agência de Fomento vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano teve um corte em seu orçamento com o contingenciamento feito pelo governado”, disse justificando o voto.
    A então vereadora Maricélia Soares de Sá (Mari de Sá), antevendo que seria a vice, disse que “é sabido por todos que estamos vivendo um momento econômico difícil, mas que devemos acreditar que o País vai melhorar, que a arrecadação pode crescer e que o mais importante é que o prefeito José Maria Ferreira tem projetos”, citando que ele falou em 196 ações previstas para realizar até dezembro “e que ele e seu secretariado estão empenhados em conseguir realizá-las”.

   Neste caso então, só resta cobrar, como está fazendo o vereador Victor Carreri que afirma que hoje as condições para concluir a duplicação da Ibrahim Prudente são propícias. Há dinheiro em caixa com verbas “sem carimbo”, os processos de desapropriação estão encaminhados, e a população está ávida pelos serviços, entre outras razões. Então porque não concluir?
  Logo, o vereador quer saber, quando é que o Zé Maria vai entregar esta obra, até porque desde a sua gestão anterior, vem prometendo esta obra o que já gerou muita desconfiança da população. 

FONTE/CRÉDITOS: Câmara Municipal/Assessoria Parlamentar
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )