website page view counter

Folha Regional Online

Domingo, 2 de Junho de 2024
laboratório
laboratório

Local

Vereador denuncia moradores em situação de rua que invadem próprios públicos em busca de objetos para furto

Fiações em cobre faz parte de objetos mais procurados para furto e consequente venda no mercado ilegal

Ely Damasceno
Por Ely Damasceno
Vereador denuncia moradores em situação de rua que invadem próprios públicos em busca de objetos para furto
Ilustrativa/Arquivo STJ/Conjur
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A Câmara de Ibiporã está entrando em recesso parlamentar antecipado à partir de hoje. Porém na última semana ocorreu a sessão ordinária e entre os pedidos apresentados em pauta, um requerimento se destacou, solicitando a realização de estudos para encontrar uma solução urgente para a situação das pessoas em situação de rua que utilizam a rodoviária e as praças centrais do município como abrigo permanente.

    A atual condição dessas pessoas é precária e insalubre, destaca o vereador Gilson Mensato o que coloca em risco não apenas a segurança e o bem-estar delas, mas também dos cidadãos transeuntes que são abordados e incomodados, bem como, taxistas e demais frequentadores dos espaços públicos. O pedido foi motivado por reclamações e relatos de vários cidadãos considerando que o número cresce de forma preocupante. Destaca-se também nesta oportunidade, informações de que pessoas nestas situações estariam adentrando a alguns locais públicos como o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - SCFV e também no Centro Municipal de Educação Infantil - CMEI Mãezinha do Céu para procurar e retirar fiações.

    Nestes locais, Gilson Mensato destaca que também foi constatado o depósito de vários entulhos, equipamentos e veículos depositados ao tempo, tanto no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - SCFV e também no Centro Municipal de Educação Infantil - CMEI Mãezinha do Céu.  E solicita as seguintes informações sobre os referidos materiais: 1- Quais os motivos destes materiais estarem expostos nestes locais sem nenhuma proteção? 2- Qual será a destinação destes materiais e a programação para execução? Informar também quanto aos veículos/sucatas.

Publicidade

Leia Também:

Mensato justifica que "estamos em uma epidemia de dengue e que esses materiais expostos nestas condições apresentam um grande risco, sendo um potencial criadouro dos mosquitos e causando sua proliferação"

    O vereador reitera  as reclamações e situações causadas pelas pessoas em situação de rua no local: dormindo no chão e em condições precárias, fazendo suas necessidades fisiológicas no local, o que gera um ambiente insalubre e com forte odor, consumindo bebidas alcoólicas durante a noite, o que resulta em perturbação do sossego e sensação de insegurança, e, principalmente, colocando em risco a segurança de usuários do transporte público, taxistas e pedestres, principalmente durante a madrugada.  Esse e outros pedidos foram aprovados e serão encaminhados ao Executivo Municipal e suas respectivas secretarias no aguardo de providências.

FONTE/CRÉDITOS: Folha Portal/Ely Damasceno
Comentários:
Ely Damasceno

Publicado por:

Ely Damasceno

Bacharel em Teologia Theological University of Massachussets USA 1984/1990. Jornalismo pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo. Repórter Gaz.Esportiva, Diários Associados, Estadão/SP, Jornais Dayle Post, em Boston-USA e Int.Press Hyogo-Japão

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!