website page view counter

Folha Regional Online

Domingo, 2 de Junho de 2024
laboratório
laboratório

Local

Quatorze anos se passaram e "Contos do prefeito Pinóquio" não sairam do papel até hoje

A pavimentação da Estrada dos Pioneiros e a trincheira na rotatória de acesso ao Santa Paula estão entre as "balelas"

Ely Damasceno
Por Ely Damasceno
Quatorze anos se passaram e
Folha Portal/Ely Damasceno
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

     A pavimentação da Estrada dos Pioneiros, de fundamental importância para a ligação entre Ibiporã a Londrina, foi o tema abordado pelo pré candidato Emerson Petriv, o Boca Aberta neste final de semana.  O ex-deputado viajou na semana passada a Curitiba e lá foi buscar respostas|, sobre a destinação dos R$ 15 milhões destinados a obra tão propagada que nunca saiu do papel. A maior "mentira" da época rendeu ao prefeito José Maria o apelido de Pinóquio.

    Ainda no governo Requião, o trecho de mais de um quilômetro da Estrada dos Pioneiros que cabia a Londrina, (agora chamada de avenida, já que foi urbanizada) foi pavimentada com investimentos de R$ 1,8 milhão chegando ao novo campus da Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UFTPR). Com o asfalto, chegaram os investimentos na construção civil, com vários condomínios promovendo um "boom" no setor imobiliário. O Parque Residencial Tauá, já possui pelo menos quatro novos condomínios fechados.

Publicidade

Leia Também:

Asfalto e iluminação de led. Vamos fazer no primeiro semestre de mandato

   E o lado de Ibiporã?  Lixo e mais lixo, lama e poeira...exatamente como quatorze anos atrás, quando o prefeito José Maria, "iniciou a obra", fazendo uma capina ao lado do PIME. "Temos um compromisso legal de iniciarmos a obra hoje e por isso estamos fazendo aqui os serviços que cabem à Prefeitura dentro da contrapartida estabelecida. O governo já liberou o recurso de 6,2 milhões. R$ 110 mil é a contrapartida da Prefeitura", propagou para imprensa.  Foi uma das mentiras que lhe rendeu reeleição, assim como a obra da trincheira que seria executada no Jardim Santa Paula, passando por baixo na BR-369, criando assim o prometido (e não cumprido) corredor industrial entre os dois municípios, gerando empregos e renda. Só balela. 

 

Pavimentação da Estrada dos Pioneiros de Zé Maria resumiu-se numa simples capina ao lado do PIME

   O prefeito fez turismo com dinheiro público levando um monte de puxa-sacos a Curitiba, para testemunhar a assinatura da liberação de R$ 15 milhões para a obra que nunca saiu do papel.  Na ocasião o prefeito anunciou também uma emenda de R$ 500 mil do Deputado André Vargas para a construção de três rotatórias para disciplinar o tráfego ao longo da rodovia. Uma deveria ser em frente  ao Super Muffato. Cadê?  Então, como podem ver, é uma mentira atrás da outra. Inclusive na época, o secretário de planejamento chegou a desmentir o prefeito em entrevista à Folha. "Nenhuma verba está disponibilizada para a pavimentação da Estrada dos Pioneiros. A prioridade do governo é o Contorno Norte", disse.

Mais balela...

    Outro dinheiro que ninguém sabe onde foi parar, fazia parte do convênio assinado entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado que anunciou ter liberado R$ 6,2 milhões para a construção de uma trincheira de transposição da linha férrea de um viaduto sobre a BR-369.  A obra chegou a ser orçada em aproximadamente R$ 17 milhões.  Os projetos preliminares, eram de obrigação da equipe do prefeito que contemplaria a terraplenagem, correção do traçado da estrada original, asfaltamento, a transposição da linha férrea e o elevado sobre a BR-369, ligando os jardins Santa Paula e San Rafael.

   Esse viaduto possibilitaria retirar da rodovia o fluxo de veículos e pedestres desses bairros e permitiria o acesso dos veículos que chegarem à BR-369 pela Estrada dos Pioneiros. E o discurso mentiroso do pinóquio era esse "É, com certeza, a obra de maior importância do nosso governo", disse o prefeito José Maria. E lá se foram quatorze anos e não se falou, mais nisso, até a chagada de Boca Aberta.

    Sua ida a Curitiba provocou um reboliço e era só secretário se escondendo para não falar no assunto. Mas levantou que há um deputado empenhado não só na pavimentação como também pista de caminhada e ciclovia?  Seria mais uma balela? Os pouco mais de oito quilômetros estariam avaliados em cerca de R$ 9 milhões de reais o que difere e muito do que aponta dados divulgados na imprensa. O prefeito José Maria disse em reunião da RML (em Londrina) ainda em 2013 disse que os projetos estavam prontos e que a obra estava orçada em R$ 20 milhões. Depois culpou o governador Beto Richa por não priorizar a obra.  Os R$ 15 milhões já não estavam liberados no governo anterior?

      Segundo apurou Boca Aberta em companhia de nossa reporter na capital, Hatsue Kajihara, a ordem de serviço até chegou a ser assinada. Mas no andamento do processo descobriu-se o que se chama na linguagem jurídica, "vicio de iniciativa" com falhas em especificações técnicas (feita pela competente equipe do prefeito) e a liberação do dinheiro foi rescindida após ser analisado pela Secretaria de Infraestrutura e Logística do Governo.    Entre as falhas apresentadas, não teria sido previsto o desvio de fluxo da BR-369 e o impacto do fluxo de veículos para Londrina antes da conclusão do "arco leste", hoje concluído com duas opções: Acesso pela Jamil Scaff ou avenida Celso Garcia Cid. Por outro Boca Aberta foi informado que em se tratando de uma obra dentro do perímetro do município, é obrigação da prefeitura bancar.

Compromisso de governo

    Boca Aberta afirma que "é uma prioridade o asfalto na avenida dos pioneiros de ponta a ponta. Do Santa Paula até a UFTR. Não vamos precisar de governo nenhum. Nós temos recurso mais do que suficiente. E, uma obra dessa, é apenas um "café" para Ibiporã. O que falta é vontade política e vergonha na cara, que o atual prefeito não tem. Vamos asfaltar, fazer ciclovia e iluminação de led.  Já nos primeiros quatro meses, de 2025, vamos iniciar a obra e entregá-la até o final do ano. Será o presente de Natal para Ibiporã", concluiu. 

 

FONTE/CRÉDITOS: Folha Portal/Ely Damasceno
Comentários:
Ely Damasceno

Publicado por:

Ely Damasceno

Bacharel em Teologia Theological University of Massachussets USA 1984/1990. Jornalismo pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo. Repórter Gaz.Esportiva, Diários Associados, Estadão/SP, Jornais Dayle Post, em Boston-USA e Int.Press Hyogo-Japão

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!