website page view counter

Folha Regional Online

Domingo, 2 de Junho de 2024

Local

Quais são os partidos e quem são os "cumpanheros" aliados de Zé Maria no cenário do ano que vem

Quem poderá nos ajudar?

Ely Damasceno
Por Ely Damasceno
Quais são os partidos e quem são os
Ilustração
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

    Cerca de 10 partidos ligados ao prefeito José Maria Ferreira e comandados por "grandes personagens" da política estadual, formam seu "Exército" de frente, em busca de sua reeleição.  O número foi apontado por fontes da administração municipal consultadas pelo Portal Folha.  Desses, pelo menos nove deles estão ou já estiveram em posições de destaque na mídia brasileira, por diferentes episódios negativos que ficaram marcados na memória e nos anais da história o que para nós Ibiporaenses, é um cenário triste. Não bastasse a influência do PT nacional na atual administração na ocupação de cargo comissionado com gordo salário, e a política de engavetar denúncias com apoio do legislativo como no recente episódio da saúde.

   O cerco da triste realidade deste grupo de esquerda e centro esquerda, pode expor o município às novas regras e medidas aprovadas pelo Supremo Tribunal Federal através de uma Lei que criminaliza a fé cristã, especialmente dos evangélicos com uma verdadeira caçada aos Cristãos que ocupam cargos públicos ou que pretendam ser candidatos. À partir do ano que vem, a Lei já estará em vigor. O STF não se conteve apenas de perseguir jornalistas e ativistas cristãos e agora, com as novas medidas, podem ser impedidos de serem eleitos ou ocuparam cargos públicos.

    Sob a égide de "Abuso do poder religioso", o Ministro Edson Fachin deixou claro que o objetivo é "tirar Deus" do cenário democrático brasileiro, das instituições de ensino e que o povo cristão seja representado pelos seus irmãos na fé. Curiosamente, na lista de aliados de Zé Maria, estão "militantes" cujos partidos estão alinhados para transformar o Brasil numa China Tropical onde não se poderá cultuar outro "Deus" senão o governo.

Publicidade

Leia Também:

VEJA QUEM SÃO OS PARTIDOS E QUEM SÃO OS ALIADOS

PP - do "Ex- Cumpanhero" José Mohamed Janene - Réu no esquema do Mensalão

PT - dos "Cumpanheros" André Vargas, Gleisi Hoffman e Paulo Bernardo - Presos nos desdobramentos da Lava a Jato e Gleisi investigada pela Polícia Federal por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica ( R$ 1 milhão da Petrobrás para campanha eleitoral) cujos processos (Fonte: Portal R7 Notícias) estariam engavetados há 4 anos no STF. Em 2018, quando Hoffmann era senadora, a corporação enviou à Corte os resultados do inquérito sobre a parlamentar, apresentando provas de que ela recebeu mais de R$ 800 mil de contratos firmados entre o Planejamento e a empresa Consist, companhia que administrava empréstimos consignados para servidores públicos federais.

MDB - do "Cumpanhero"  Sérgio Souza  - Réu na Operação Grand Bazaar, para desarticular esquema criminoso de pagamentos de vantagens indevidas. Ele foi relator da CPI dos fundos de pensão e acusado de receber R$ 3,2 milhões em propinas para encobrir criminosos. Policia Federal apreendeu documentos na casa, no gabinete e um dos escritórios do deputado. (Fonte: Portal Metropole Brasil)

PTB - do "Cumpanhero" Roberto Jefferson - Ex-membro e delator do Mensalão, preso por ameaçar agentes da Policia Federal com granadas e tiro de fuzil. Teve mandato cassado e recebeu idulto de Dilma Rouseff. Condenado a sete anos de prisão em regime fechado.

PL - do "Cumpanhero" Felipe Barros - Investigados por disseminar notícias falsas e promover ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Investigado sobre o vazamento de inquérito sigiloso sobre o ataque hacker aos sistemas do TSE. (Fonte Jornal O Globo)

AVANTE - da Cumpanhera Luiza Canziani - Suposta espiã da Rede Globo acusada por Roberto Jefferson e Eduardo Bolsonaro de tentar gravar uma reunião ministerial para o Profissão Repórter. A deputada portava equipamento de espionagem (audio) que supostamente poderia servir de "ataques" ao presidente Jair Bolsonaro pela TV Globo. (Fonte UOL Notícias)

REPUBLICANOS - do "Cumpanhero" Diego Garcia - Investigado na Operação Lava Jato por corrupção ativa, compra de votos, desvio de verba pública. Acusado de comprar carteira de habilitação em Cambará (PR) num esquema criminoso montado no Detran daquele município. (Fonte: Revista Veja/Gazeta do Povo)

PSDB - do "Cumpanhero" Beto Richa - Ministério Público Federal afirmou que o ex-governador foi beneficiado com vantagens indevidas de cerca de R$ 7 milhões por corrupção, fraude e lavage de dinheiro ( Lava Jato).  Somente na área criminal, ele se tornou réu em oito processos desde 2018, no âmbito da Operação Rádio Patrulha, da Operação Integração, da Operação Piloto e da Operação Quadro Negro. (Fonte g1/PR e Gazeta do Povo)

PODEMOS - do "Cumpanhero" Álvaro Dias. Denunciado por suposto financiamento de campanha bancado pelo doleiro Alberto Youssef condenado pelo Juiz Ségio Moro na Operação Lava Jato. Acusado de 'lucrar' R$ 37 milhões com venda de lote à Petrobrás. (Fonte: Estadão/Rede Brasil)

PSB - dos "Cumpanheros" - José Gomes e Roosevelt Vilela - Investigados pelo Ministério Público Federal e Polícia Civil do Distrito Federal por envolvimento em práticas de organização criminosa, corrupção e falsidade ideológica. Partido que hoje abriga o ex-prefeito João Colonizei...

E AGORA?....DIANTE DESTE CENÁRIO...

QUEM PODERÁ NOS DEFENDER?

CHAPOLIN ALVI CELESTE...?

 

FONTE/CRÉDITOS: Folha Portal
Comentários:
Ely Damasceno

Publicado por:

Ely Damasceno

Bacharel em Teologia Theological University of Massachussets USA 1984/1990. Jornalismo pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo. Repórter Gaz.Esportiva, Diários Associados, Estadão/SP, Jornais Dayle Post, em Boston-USA e Int.Press Hyogo-Japão

Saiba Mais
laboratório
laboratório

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!