Folha Regional On line

Notícias LOCAL

Prefeitura pode encontrar resistência de comerciantes para duplicação da avenida Londrina

Fonte ligada a administração revela que alguns não querem “canteiros” dividindo a via

Prefeitura pode encontrar resistência de comerciantes para duplicação da avenida Londrina
streetview/google
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Prefeitura pode encontrar resistência de comerciantes para duplicação da avenida Londrina

Fonte ligada a administração revela que alguns não querem “canteiros” dividindo a via

    Um projeto ousado que deve integrar o Plano Plurianual - também conhecido pela sigla PPA -  aprovado por unanimidade, em segunda e última discussão e votação na Câmara Municipal, a duplicação e prolongamento da avenida Londrina, no Jardim San Rafael já encontra resistência de alguns comerciantes.
    Segundo fontes, o prefeito deseja fazer um empréstimo na ordem de R$ 30 milhões para a obra, sendo R$ 25 milhões para aquela região, e R$ 5 milhões para o término da avenida Ibrahim Prudente da Silva. Esta foi a condição que os vereadores teriam imposta ao prefeito para aprovar o empréstimo, cujos R$ 5 milhões com destino a desapropriação dos imóveis na margem esquerda da via que compreende a linha férrea até a velha figueira.


    O PPA é o instrumento de planejamento governamental realizado em médio prazo, que define procedimentos, objetivos e metas para cada ente federativo, ou seja, para municípios, estados e União dentro dos quatro anos de mandato.
    Seu propósito é estabelecer diretrizes, metas e objetivos da gestão pública através de propostas apresentadas pela população e pelos poderes legislativo e executivo visando o desenvolvimento da cidade.
    No caso da avenida Londrina, apesar de alguns vereadores já terem conversado com alguns comerciantes da localidade a ideia de dividir a avenida com canteiros não é bem vinda. Estas mudanças causam desconforto a alguns que se utilizam da via pública como extensão de suas propriedades, e um canteiro dividindo a pista, pode atrapalhar os negócios, justificam.
    Percebe-se neste episódio que para alguns, seus interesses estão sobrepondo aos interesses da coletividade, o que não é moral, nem legal.          Vereadores que representam a região encontram-se em saia justa, e num cabo de guerra onde quem vence é está sob comando de coronel.        Logo, ou o prefeito atende as necessidades do município, ou favorece interesses particulares. Uma guerra que já se iniciou nos bastidores e ninguém sabe como pode acabar.


    O projeto é audacioso. Não fica só na duplicação da avenida, mas sua extensão até a saída nas três Figueiras, passando pela ponte rasgando o remanescente de zona rural, que breve tornará loteamentos e condomínios. Neste trecho também deverá ser construída uma estação de tratamento de efluentes e esgotos do Samae, uma herança de presente do prefeito para aquela região que lhe concedeu voto em peso. Imaginem os populares num final de semana fazendo aquele churrasquinho no quintal com a família, e aquele odor maravilhoso soprando como brisa pelos quintais.
    E os vereadores, nada poderão fazer, até porque o prefeito manda na maioria na Câmara e vão votar como ele pedir, não tenham dúvida. Por outro lado, não há como não executar esta obra. É uma necessidade real e urgente e não há outro local viável. O município está crescendo e na próxima década, é estimado ali no mínimo 50% a mais da atual população daquela região. E as obras de infraestrutura exigem que haja ali uma estação de tratamento de esgotos.
    Mais cedo ou mais tarde, isto vai acontecer. Se de alguma forma, não ocorrer nesta gestão, será nas próximas. Não fosse a mudança de prefeito, todo o asfalto da avenida Londrina já estaria concluído sem o incômodo de ninguém, até mesmo dos comerciantes que não querem a obra.

Naquele alto, após a ponte do lado direito, possivelmente será o local da nova estação de tratamento de esgotos do Samae

FONTE/CRÉDITOS: Folha Portal/Ely Damasceno/streetview/google
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!