website page view counter

Folha Regional Online

Domingo, 2 de Junho de 2024
laboratório
laboratório

Local

Prefeito de Ibiporã é suspeito de usar "laranjas" na construção de Casas Geminadas no município

Ministério Público aponta possivel "enriquecimento ilícito" do prefeito com apoio da Câmara Municipal

Ely Damasceno
Por Ely Damasceno
Prefeito de Ibiporã é suspeito de usar
Arquivo
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

    O Promotor Renato de Lima Castro,  responsável pelo Núcleo de Londrina do Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria), do Ministério Público do Paraná, Instaurou Inquérito Civil para investigar o prefeito de Ibiporã, José Maria Ferreira suspeito de eventual ato de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito relacionado à construção de casas geminadas no município, utilizando-se de "laranjas" nos negócios.

    A maracutaia pode ter começado na Câmara Municipal ano passado quando o prefeito através de Projeto de Lei,  fez aprovar mudanças alterando especificações nas medidas de subdivisão de lotes e testadas para novas edificações, prejudicando dezenas de investidores no município. Com esta mudança, até onde se sabe, apenas os lotes de posse dos supostos "laranjas do prefeito" (um dos filhos é suspeito e pode ser investigado), teria condições de construir casas geminadas e colocá-las a venda.  Há suspeita de que nas imediações do lago norte, onde o prefeito pretenda fazer grande investimento com um novo lago, possam haver mais lotes em nome de laranjas que supervalorizarão os imóveis.

   A denúncia chegou ao Ministério Público que agora, por conta também da pressa do prefeito em alterar com urgência o Plano Diretor, (novamente com a conivência da Câmara) busca legalizar 21 loteamentos irregulares, o que pode abrir o leque de investigações em outras ações.  O assunto está na Promotoria de Ibiporã que estuda através de um TAC, resolver a questão. Mas o negócio parece ser mais sério.

Publicidade

Leia Também:

   Não à toa, o prefeito está abrindo uma estrada com duas pistas pavimentadas e iluminação de led interligando bairros da zona sul, onde proprietários de imóveis naquele trecho também podem ser investigados.  Há suspeitas que ali  também haja uma plantação de laranjas, dado à valorização imobiliária dos lotes que futuramente podem receber edificações geminadas dentro das novas especificações na legislação municipal.  Este pode ser apenas a ponta do Iceberg, cuja pressa na aprovação do Plano Diretor pode revelar ainda muita coisa por baixo do pano.  A relação do prefeito com a construção de casas geminadas, pode envolver ainda, pessoas ligadas a cartórios e registro de imóveis com base no art. 9o, inciso VII, da Lei no 8.429/92).  Depois dessa, ainda há pelo menos mais seis denúncias no Ministério Público somente nesta atual administração.  E tem mais...vem aí o caso dos "Pavers"...

FONTE/CRÉDITOS: Folha Portal/Ministério Público do Paraná
Comentários:
Ely Damasceno

Publicado por:

Ely Damasceno

Bacharel em Teologia Theological University of Massachussets USA 1984/1990. Jornalismo pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo. Repórter Gaz.Esportiva, Diários Associados, Estadão/SP, Jornais Dayle Post, em Boston-USA e Int.Press Hyogo-Japão

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!