website page view counter

Folha Regional Online

Domingo, 2 de Junho de 2024

Local

Médico pula janela de hospital e deixa plantão após pacientes denunciarem que ele estava bêbado, diz PM

Prefeitura disse que abriu sindicância para investigar o caso. Profissional foi contratado por meio de empresa terceirizada.

Ely Damasceno
Por Ely Damasceno
Médico pula janela de hospital e deixa plantão após pacientes denunciarem que ele estava bêbado, diz PM
Divulgação
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

      Um médico plantonista de um hospital de Mauá da Serra, no norte do Paraná, deixou o local após os pacientes denunciarem ele por atender bêbado. Segundo o Boletim de Ocorrência (B.O.) da Polícia Militar (PM), ele pulou a janela e foi embora. O caso aconteceu na noite de sábado (13). A identidade do profissional não foi revelada.  De acordo com a PM, os pacientes disseram que o médico, que tem 38 anos, não tinha condições de atender as pessoas.

   Quando foi procurado pelos policiais, pulou a janela do hospital, chegando a danificar a tela de proteção. A polícia informou que, ainda segundo os pacientes, o plantão começava às 19h, mas que o profissional só teria chegado às 21h. Em nota, a Secretaria de Saúde de Mauá da Serra disse que instaurou uma sindicância para apurar o caso. Conforme a secretaria, o médico é contratado por meio de uma empresa terceirizada, que podem ser penalizados "dependendo das conclusões". 

Se a moda pega...

Publicidade

Leia Também:

  Tal fato já ocorreu no hospital São Rafael em Rolândia no norte do Paraná, após ser acusado de ir trabalhar embriagado. A suspeita é de que seja o mesmo médico que fugiu do plantão neste sábado (13). A informação foi confirmada à RICtv pelo diretor do Posto de Saúde de Mauá da Serra.  Na primeira ocorrência, o homem teria sido agredido por outro profissional e foi preso. Já segundo o boletim de ocorrência deste sábado, testemunhas disseram que ele estava novamente embriagado. A própria equipe do Posto de Saúde o denunciou.

   Outro caso idêntico ocorreu quando um médico foi filmado ‘bêbado’ enquanto atendia uma idosa no Pronto Atendimento 24h de Penha, cidade de Santa Catarina. As imagens, gravadas por um acompanhante da paciente, repercutiram nas redes sociais. A denúncia fez com que o prefeito da cidade, Aquiles da Costa, afastasse o profissional de seu posto de trabalho. “Este referido ‘médico’ foi afastado do seu plantão e não voltará mais a atuar em Penha. Além disso, um processo administrativo será instaurado para apurar as penas e responsabilidades civis, bem como ação judicial e representação junto ao CRM [Conselho Federal de Medicina]”, afirmou o prefeito, em publicação feita em suas redes sociais. Este caso de Santa Catarina não confirma se trata-se do mesmo profissional dos casos relatados acima em Rolândia e Mauá da Serra, mas seria o mesmo profissional demitido de uma unidade da UPA no Rio de Janeiro.

 

 
FONTE/CRÉDITOS: g1/PR
Comentários:
Ely Damasceno

Publicado por:

Ely Damasceno

Bacharel em Teologia Theological University of Massachussets USA 1984/1990. Jornalismo pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo. Repórter Gaz.Esportiva, Diários Associados, Estadão/SP, Jornais Dayle Post, em Boston-USA e Int.Press Hyogo-Japão

Saiba Mais
laboratório
laboratório

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!