website page view counter

Folha Regional Online

Domingo, 2 de Junho de 2024
laboratório
laboratório

Local

Fiel as origens, Miro Despachante vai voltar a disputar uma cadeira na Câmara

Para o ex-parlamentar, vereador tem que ter postura, representar a população e fiscalizar o Executivo. Este é o papel!

Ely Damasceno
Por Ely Damasceno
Fiel as origens, Miro Despachante vai voltar a disputar uma cadeira na Câmara
Arquivo Folha Portal
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

  O conhecido despachante e ex-vereador, Claudomiro de Goes Maciel, ou simplesmente Miro Despachante revelou a nossa reportagem que pretende disputar a eleição este ano, e confirma que é pré candidato a vereador. Miro mantém empresa sólida, que realiza junto ao Detran (Departamento de Trânsito) todo o trabalho necessário à documentação de veículos, com competência e credibilidade há mais de 35 anos.

    Na eleição de 2020,  o ex-vereador concorreu pelo PSL - Partido Social Liberal ficando na suplência da legenda cuja cadeira é ocupada pelo vereador Victor Carreri. Existe a possibilidade durante a janela eleitoral de filiar-se ao MDB, legenda de tradição em Ibiporã que elegeu o maior número de prefeitos da história do município

   Miro relata que a atuação dos atuais vereadores na Câmara, destoa da real obrigação do vereador que em primeiro lugar é fiscalizar o executivo e representar seus eleitores. O que ocorre hoje é exatamente o contrário. A Câmara não fiscaliza o prefeito e vota o que ele manda sem ouvir as bases. "Tenho recebido aqui no escritório dezenas de cidadãos diariamente que procuram nossos serviços e todos são unânimes em observar que este legislativo tem deixado a desejar, salvo pequena restrição de dois ou três vereadores", disse. 

Publicidade

Leia Também:

   Outro ponto que o vereador destaca ser de importância, é o compromisso do legislador com seu eleitor. "Sempre fui fiel as origens e tive posicionamento. Minha postura como vereador, meu eleitorado já conhece. Não sou político de fazer conchavo com prefeito, ou mudar de lado depois de eleito virando as costas para o partido ou para uma determinada causa. Vereador tem que ter postura ética e servir a população. O prefeito é empregado do povo, e quem representa o povo é o vereador. Logo tem que saber se impor em respeito ao eleitor", observou.

    Para Miro Despachante, Ibiporã precisa de uma mudança de órbita, a começar pelo prefeito e uma limpeza na Câmara. Projetos importantes aprovados anteriormente estão engavetados pelo prefeito, e ninguém se manifesta.  É de Miro Despachante a cô autoria com Victor Carreri a Lei que Instituiu a obrigatoriedade de Teste de Triagem do Autismo em todas as crianças atendidas nas UBSs de Ibiporã. Também é dele a Lei de Atendimento preferencial nos estabelecimentos público e privados à pessoas portadoras de TEA -Transtorno do Espectro Autista. Outro projeto importante e que até hoje o prefeito não colocou em operação, é o Projeto Castra Móvel, para controle populacional de cães e gatos.  São apenas alguns exemplos.

    Em parceria com o vereador Victor Carreri, também é cô autor na Lei que proíbe a interrupção do fornecimento residencial de energia elétrica e água, por inadimplemento de suas respectivas contas, às sextas-feiras, sábados, domingos, vésperas de feriados e feriados. Muita gente não sabe disso, mas é Lei Municipal entre outras centenas de indicações à pedidos da população.

Há que se levar em conta que hoje Ibiporã tem vereador que nem sabe o que está fazendo lá. Além de receber salário. Nem sabe o significado da palavra "verear"... originário do grego antigo, "verea", que significa vereda, caminho. O vereador, portanto, seria o que vereia, trilha, ou orienta os caminhos. Existe no idioma brasileiro o verbo verear, que é o ato de exercer o cargo e as funções de vereador. Mas a maioria exerce o que o prefeito determina, em troca de algum favor ou atendimento aos seus requerimentos. Tem vereador que se vende até por indicação de emprego para familiar.  Resumindo, o vereador deve ser a ligação entre o governo e o povo.

   E neste particular, Miro Despachante está mais uma vez pronto, para ouvir o que os eleitores querem, propor e aprovar esses pedidos na câmara municipal e fiscalizar se o prefeito e seus secretários estão colocando essas demandas em prática. Por isso, é importante que o eleitor acompanhe a atuação de seu vereador para verificar se o trabalho está sendo bem desenvolvido ou se atrelou-se por algum motivo ao prefeito.

 

 

FONTE/CRÉDITOS: Folha Portal/Ely Damasceno
Comentários:
Ely Damasceno

Publicado por:

Ely Damasceno

Bacharel em Teologia Theological University of Massachussets USA 1984/1990. Jornalismo pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo. Repórter Gaz.Esportiva, Diários Associados, Estadão/SP, Jornais Dayle Post, em Boston-USA e Int.Press Hyogo-Japão

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!