website page view counter

Folha Regional Online

Domingo, 2 de Junho de 2024
laboratório
laboratório

Local

Ex-Vereador Miro Despachante filia-se ao MDB e afirma que também é pré-candidato nesta eleição

Conhecido despachante na cidade, Miro teve atuação elogiável na Câmara Municipal em defesa de interesses da população

Ely Damasceno
Por Ely Damasceno
Ex-Vereador Miro Despachante filia-se ao MDB e afirma que também é pré-candidato nesta eleição
Folha Portal/Ely Damasceno
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

     Como ocorre em todos os pleitos municipais, mais uma vez,  também haverá vereadores e ex-vereadores que pleiteiam disputar a prefeitura em várias cidades do Paraná. E em Ibiporã não é diferente, pois já há nomes que são especulados a uma pré candidatura enquanto, alguns parlamentares se apresentam francamente como pré-candidatos. Os mais reservados deixam que seus nomes sejam especulados na imprensa especializada, numa espécie de "teste político-eleitoral".

    Findado o prazo, houve muitas trocas de partidos por vários motivos, e um deles levou o ex-vereador Claudomiro de Góes Maciel, o Miro Despachante deixar o PPS, onde foi Segundo Secretário da Mesa Executiva da Câmara Municipal de Ibiporã, para filiar-se ao MDB. O ex-vereador confirmou na tarde de ontem que é pré-candidato e que está à disposição para concorrer a volta ao legislativo.

   Miro Despachante destacou que a ideia de disputar novamente uma cadeira na Câmara, não é por vaidade mas porque gosta de política e acredita que ainda tem muito a contribuir com a sociedade de Ibiporã.  Sua vinda para o MDB, fortalece a unidade do partido, pois é um ex-parlamentar que teve um mandato responsável, colocando os interesses da sociedade em primeiro lugar, como tem que ser a posição de um vereador independente de quem seja o prefeito.

Publicidade

Leia Também:

   Enquanto vereador, Miro Despachante foi responsável pelo desbloqueio de recursos financeiros no valor de R$ 81.599,02, do FNDE - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação para construção da quadra poliesportiva na Escola Municipal Prefeito Mário de Menezes, no Jardim Bom Pastor.  A obra esteve paralisada e causando transtorno a alunos, professores e funcionários por causa dos materiais jogados pelo chão. Através de Miro Despachante aconteceu a liberação de verbas e o término da quadra esportiva pode ser concluída.

 

Vereador Miro Despachante e a diretora Patrícia Alves Santos da Escola Mário de Menezes que teve a quadra concluída

    A volta do ex-vereador ao cenário político é mais uma reivindicação da comunidade em geral e o apoio de seu círculo de amigos que conhecem o seu caráter e reconhecem o seu trabalho enquanto no legislativo.   Aliás, é de Miro Despachante em parceria com o vereador Victor Carreri, a Lei de proibição da interrupção do fornecimento residencial de energia elétrica e água, por inadimplemento de suas respectivas contas, às sextas-feiras, sábados, domingos, vésperas de feriados e feriados. Lei esta que vem ao encontro das necessidades de centenas de famílias em situação de vulnerabilidade social. Logo é um ex-parlamentar que merece respeito.

    Outra propositura da dupla garante às pessoas com Transtorno Espectro Autista (TEA) o atendimento preferencial e prioritário nos estabelecimentos públicos e privados do Município de Ibiporã, como supermercados, bancos, farmácias, bares, restaurantes, hotéis, lojas em geral, cinemas, teatros, clubes, casas de espetáculos, centros comerciais e empresariais.  A preferência e a prioridade estabelecidas compreendem a não sujeição a filas comuns, bem como a execução de outras medidas que tornem ágil e fácil o atendimento e a prestação do serviço.

   Outro Projeto de Lei importante (Lei 006/2018-LE), de autoria de Miro Despachante foi a instituição do Serviço Público Municipal permanente de controle populacional de cães e gatos e educacional a ser realizado por meio de Unidades Móveis, denominado Projeto Castra Móvel. A proposta prevê que as Unidades Móveis serão adquiridas através de recursos do Fundo Nacional de Saúde através do Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica e Controle de Doenças, do Governo Federal. Não se sabe porque, até hoje a prefeitura não colocou a Lei para vigorar. Quem sabe agora, no MDB em apoio a reeleição do prefeito José Maria a Lei passe a vigorar.

FONTE/CRÉDITOS: Folha Portal/Ely Damasceno
Comentários:
Ely Damasceno

Publicado por:

Ely Damasceno

Bacharel em Teologia Theological University of Massachussets USA 1984/1990. Jornalismo pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo. Repórter Gaz.Esportiva, Diários Associados, Estadão/SP, Jornais Dayle Post, em Boston-USA e Int.Press Hyogo-Japão

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!