Folha Regional On line

Notícias LOCAL

Cancha de esportes no Jardim Santa Paula, já sofre com vandalismo

Proposta da criação de um Conselho por vereadores pode contribuir com a preservação destes espaços

Cancha de esportes no Jardim Santa Paula, já sofre com vandalismo
Folha Portal/Ely Damasceno
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

   Não há dúvida  que as unidades "Meu Campinho", como a recém instalada pelo Governo do Estado no Jardim Santa Paula  resgata valores e une famílias no mesmo espaço urbano, ao proporcionar acesso à prática esportiva e à convivência, com crianças, adolescentes e até com idosos.
   Mas o que se percebe, é que a sociedade como um todo, não cuida do patrimônio. Ao contrário, depredam-no se não houver quem cuide.
   Instaladas próximas a escolas e em regiões mais carentes, as unidades "Meu Campinho" no Jardim Terra Bonita e no Jardim Santa Paula atendem a crianças, adolescentes, adultos e idosos  com campo de grama sintética, e tabela de basquete. “Desfrutar de um local reservado para as brincadeiras infantis e para o esporte, ao lado de espaços para os adultos e idosos se exercitarem, muda o olhar das pessoas para com as cidades. O Meu Campinho é um local onde as famílias têm acesso ao esporte, a atividades físicas e infantis e ao convívio de vizinhança”, discursa em cada inauguração nosso governador. Mas o cuidado com estes locais, deve ser da própria população. Ao município cabe dar a manutenção quando necessária.


    No entorno do “Meu Campinho” no Jardim Santa Paula, se vê muito lixo jogado por ali, e a aparência é de abandono. Os portão do campo fica aberto e há até quem pise no barro e depois entra no gramado para limpar os sapatos. Isto não é falta de educação, é vandalismo. Até os bancos de concreto já foram quebrados. 
    Diante deste cenário, podemos ver com bons olhos a iniciativa dos vereadores Augusto Semprebom, Rafael Eik Ferreira e Dieguinho da Furgões sugerirem a criação de um  Conselho Municipal de Esporte de Ibiporã.

   No projeto os vereadores “visam  ampliar o espaço de discussão e as possibilidades de articulação, no que se refere ao esporte e lazer, bem como otimizar a utilização dos recursos disponíveis para as referidas áreas, buscando, também, o surgimento de novas ideias que permitam a captação de fontes diversas de recursos e alternativas para o subsídio de políticas das referidas áreas, tendo em vista a importância do incentivo ao desenvolvimento de atividades esportivas e de lazer, inclusive para a melhoria da qualidade de vida da população ibiporanense.”  Neste escopo, poderiam também estudar uma forma de “preservar” estes espaços de lazer como o “Meu Campinho” criando um mecanismo que pudesse evitar o vandalismo, por exemplo.


Muito lixo jogado no entorno da cancha esportiva e bancos de concreto já quebrados. Quem cuidará deste patrimônio?    

Uma vez que justificam que “o município é um celeiro de atletas das mais variáveis modalidades, e uma gigantesca estrutura física para dar esses atendimentos para prática esportiva. E este conselho seria mais um mecanismo para elaboração e compartilhamento de informações e conhecimento para um bom desenvolvimento na área do esporte e lazer em nosso município”.
    Muito positivo porém,  se não houver o cuidado com “a gigantesca estrutura física”, o Conselho será como os demais. Não servirá para nada a não ser para o prefeito indicar, nomear ou intervir quando e como lhe apraz politicamente. Palanque para futuros candidatos e só!

FONTE/CRÉDITOS: Folha Portal/Ely Damasceno
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )