website page view counter

Folha Regional Online

Domingo, 2 de Junho de 2024

SELEÇÃO BRASILEIRA

Raphinha dá show, e Brasil atropela o Paraguai pelas Eliminatórias

Sem Neymar, seleção jogou o básico para vencer e deixar o Paraguai na lanterna

Ely Damasceno
Por Ely Damasceno
Raphinha dá show, e Brasil atropela o Paraguai pelas Eliminatórias
https://www.bing.com/
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Brasil entrou em campo nesta terça-feira, dia 01, já classificado para a Copa do Mundo. Este é um fato há algumas rodadas. Por conta disso, a Seleção Brasileiro entrou leve em campo e venceu o Paraguai, por 4 a 0, gols de RaphinhaCoutinhoAntony Rodrygo, no Mineirão, pela 16ª rodada das Eliminatórias da América do Sul para o Mundial do Catar.

Com o resultado, o Brasil chegou a 39 pontos conquistados, segue na liderança na tabela de classificação e sem saber o que é perder na competição. Enquanto isso, o Paraguai segue na penúltima colocação, com apenas 13 pontos.

O JOGO

Brasil foi avassalador do início ao fim. Logo no primeiro minuto, Raphinha faz bela jogada individual e abre o placar, mas o VAR entra em ação e vê um toque de mão do camisa 19. Depois disso, os jogadores da Seleção Brasileira passaram a rodar a bola e buscar as melhores jogadas.

Até que, aos 16 minutos, Raphinha recebeu belo cruzamento rasteiro de Vini Jr e tem tudo para tirar o marcador do zero, mas errou a bola. Mas ele é brasileiro e não desistiu. Aos 27, o camisa 19 recebeu belo lançamento de Marquinhos, corta a marcação e bate no canto do goleiro paraguaio para fazer 1 a 0. Depois disso, o Brasil passou a dominar o jogo e poderia ter enfileirado gols, mas faltou ambição.

O segundo tempo não poderia começar diferente. O Paraguai até voltou com alterações, mas a postura dos comandados do técnico Tite se manteve. O Brasil trocava passes com efetividade e via seu setor ofensivo - CoutinhoPaquetáVinícius JrRaphinha Cunha - infernizando a defesa.

E água mole em pedra dura tanto bate até que fura. Aos 17 minutos, a redenção. Depois de muitas críticas quanto a sua presença atualmente na Seleção, Coutinho recebe a bola na intermediária ofensiva e acerta um chute de rara felicidade e ampliou o placar.

Coutinho voltou a marcar com a camisa da Seleção Brasileira (Foto: Fernando Moreno/AGIF)
© Coutinho voltou a marcar com a camisa da Seleção Brasileira (Foto: Fernando Moreno/AGIF)

Mas não parou por aí. O técnico Tite fez diversas alterações no time e, mesmo assim, a equipe verde-amarela continuou dominando as ações da partida. Depois de bela troca de passes, a bola para nos pés de Antony, aos 40 minutos, que bateu com categoria, sem chances para o goleiro Silva. Três minutos depois, em mais uma troca de passes envolvente, Rodrygo dá números finais ao duelo.

BOLA FORA

Enquanto os jogadores brasileiros fizeram uma grande apresentação dentro de campo, nas arquibancadas, integrantes das torcidas organizadas de Atlético-MG e Cruzeiro entraram em confronto, obrigando o policiamento a entrar em ação na tentativa de acalmar os ânimos. Mais de 20 pessoas foram detidas.

PRÓXIMO DESAFIO

FONTE/CRÉDITOS: https://www.msn.com/pt-br/esportes
laboratório
laboratório

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!